Durante a cimeira da NATO o grau de ameaça terrorista será menor do que o OE11
10 Nov

Durante a cimeira da NATO o grau de ameaça terrorista será menor do que o OE11

AL-ORÇAMENTO/TCC – O ministro da Administração Interna afirmou ontem que o grau de ameaça terrorista será elevado durante a cimeira da NATO.

Mas, segundo Rui Pereira, não existe motivo para alarme, já que tal ameaça em nada se compara ao ataque ao país perpetrado pelo governo, que recorreu a potentes explosivos artesanais “OE11” amarrados ao peito de um Teixeira-Bomba.

“Não há motivos para alarme, mas estaremos atentos a todos os sinais”, disse Rui Pereira a propósito de eventuais ameaças terroristas. E “Há todos os motivos para alarme, e deveríamos ter estado atentos a todos os sinais”, disse Rui Pereira a propósito do Orçamento de Estado.

Rui Pereira disse ainda que Portugal prepara um plano para a cimeira da NATO, mas está com sérias dificuldades em encontrar potenciais alvos que valham a pena destruir e que o governo já não o tenha feito.