É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Hoje não há crónica, pois o MP incinerou o meu computador derivado de conter escutas
21 Abr

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Hoje não há crónica, pois o MP incinerou o meu computador derivado de conter escutas

Estava um tipo descansado da vida a contar uns molhos de notas acabadinhas de lavar, ao mesmo tempo que era felaciado por uma acompanhante sénior cuja especialidade é o felácio gengival, quando o Ministério Público me entra apartamento dentro e apresenta-me um mandato autorizando a destruição das escutas gravadas no meu disco rígido. Ainda tentei […]

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – O governo agarrou-se às escutas, eu à Cláudia Jacques e ambos sodomizámos o OE
10 Fev

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – O governo agarrou-se às escutas, eu à Cláudia Jacques e ambos sodomizámos o OE

Confesso que ando tão atarantado com esta coisa das escutas proibidas quanto a verruga do Jorge Lacão se deve sentir com tantas declarações, audições e almoços em voz alta. Ainda assim, e porque gastei uma quantidade generosa de fundos próprios em fruta fresca, lattes macchiato e robalos de Ovar com os meus contactos no sistema […]

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Apresenta a verdadeira escuta a Sócrates e Vara
9 Dez

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Apresenta a verdadeira escuta a Sócrates e Vara

No momento em que vos escrevo estou deitado no único ponto desta ilha em que ao mesmo tempo que tenho uma vista total para o Cayman National Bank, e posso usufruir de uma lavagem à gato executada por uma indígena bem treinada. Aqui no quarto ao lado está o Durval Barbosa que, embora seja tão […]

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Condeno a corrupção e o lesbianismo de igual modo: é contra-natura mas quero estar envolvido
25 Nov

É A ECONOMIA, ESTÚPIDO! – Condeno a corrupção e o lesbianismo de igual modo: é contra-natura mas quero estar envolvido

Este absurdo de perseguir os corruptos obrigou a ausentar-me do país. A crónica de hoje apanha-me envolvido com hortaliça caribenha, tenrinha e ainda com muito pouco pêlo, mas que felizmente já não grita pela mãe. Aliás, aqui nas ilhas Caimão, Roman Polanski nunca seria preso, mas o realizador foi tão glutão por prémios de cinema […]